Have questions?
Have questions?

Fale connosco

O Projeto JUNTOS!

JUNTOS vamos criar uma voz ativa, atenta às necessidades da sociedade civil!

3
O projeto Juntos! surge de um acordo estabelecido no final de 2013 entre a Fundação la Caixa e a Fundação Aga Khan juntamente com mais 7 parceiros. Em 2017 o Juntos cresceu para 20 parceiros, em que tem 5 Fundações, 2 Universidades e 6 redes.

Desde o início do projeto foram utilizados diferentes processos para dar resposta aos desafios que Moçambique apresenta. Blended Learning, Design sprints, innovation symposiums e prototipagem de soluções concebidas através da abordagem de Human Centered Design.

O JUNTOS! luta por uma sociedade civil sustentável, inclusiva e credível. É desta forma que surgem os reference events, que dão a oportunidade às organizações de estabelecer laços de compromisso e confiança entre si.

o que nos faz únicos

Parceiros

Os nossos parceiros são reconhecidos pelas comunidades na confiança e no conhecimento técnico forte e aprofundado

Escala

Via Blended learning pode replicar conteúdos dos  parceiros e atingir  mais comunidades

Conhecimento

Os cursos em Blended Learning são desenvolvidos
por especialistas que têm em conta as necessidades das organizações

Pragmático

Os cursos em Blended Learning são focados em desafios do dia a dia

Duradouro

Os parceiros do Juntos apoderam-se da abordagem para garantir sustentabilidade.

o que nos faz únicos

Parceiros

Os nossos parceiros são reconhecidos pelas comunidades na confiança e no conhecimento técnico forte e aprofundado

Escala

Via Blended learning pode replicar conteúdos dos  parceiros e atingir  mais comunidades

Conhecimento

Os cursos em  Blended Learning  são desenvolvidos por especialistas que têm em conta as necessidades das organizações

Pragmático

Os cursos em Blended Learning  são focados em desafios  do dia a dia

Duradouro

Os parceiros do Juntos apoderam-se da abordagem para garantir sustentabilidade

Porquê blended learning?

O propósito da abordagem de blended learning é entendida pela Fundação Aga Khan e Fundação la Caixa como uma oportunidade para o aumento da sustentabilidade das organizações da sociedade civil em Moçambique (incluindo organizações não governamentais e organizações de base comunitária), configurando um dos maiores desafios ao nível da sociedade civil no contexto de Moçambique.